R. Dona Adma Jafet , 115, Bela Vista | Hospital Sírio-Libanês - São Paulo (11) 4750-1185 contato@ortopedistajoelho.com.br


Revisão de Prótese de Joelho

A prótese de joelho é constituída por material feito de liga metálica (ex.: cromo-cobalto). Assim como as peças de um carro se deterioram com o uso, a prótese também. O tempo médio de durabilidade de uma prótese do joelho é de 10-15 anos para 95% das pessoas.

Quando a prótese se deteriora a ponto de perder sua função, ela precisa ser substituída, o que é feito por meio de novo procedimento cirúrgico, chamado de Cirurgia de Revisão de Prótese de Joelho. Além da perda de função por deterioração do material, existem outras duas situações que determinam a necessidade de realizar a cirurgia de revisão: infecção e fratura.

Como é a cirurgia para revisão de prótese de joelho?

O paciente é internado em jejum de 8 horas e encaminhado ao centro cirúrgico, de onde segue para a sala de cirurgia. Nesse local, o anestesista aplica medicamentos para promover sedação e anestesiar o joelho durante a cirurgia.

A sedação ajuda o paciente a ficar mais calmo e relaxado, e permitir que ele durma durante a cirurgia. A anestesia do joelho é realizada por meio de raquianestesia, que consiste na aplicação de medicamento pela coluna lombar.

Após a anestesia, posicionamos o paciente deitado na mesa de cirurgia para darmos início ao procedimento. Em seguida, faço a incisão cirúrgica, que é um corte na pele de aproximadamente 15cm para visualizar a anatomia do joelho. Na sequência, retiro a prótese antiga e preparo os ossos do joelho para implantar a nova prótese. O preparo dos ossos é realizado com ferramentas para raspá-los e remodelar sua geometria para que encaixe perfeitamente à nova prótese. Nesse momento, quando necessário, utilizamos também ossos de doadores falecidos (transplante homólogo) para auxiliar no remodelamento da geometria óssea.

Em seguida, colocamos a nova prótese, mais robusta e reforçada. Para aumentar a qualidade da fixação da prótese ao osso, impregnamo-la com cimento ósseo composto de polimetilmetacrilato, que funciona com um princípio semelhante ao cimento utilizado na construção civil.

Colocada a prótese, costuramos a pele, realizamos o curativo e deixamos um dreno, que é um dispositivo utilizado para evitar o acúmulo de sangue dentro do joelho. O dreno, geralmente, é removido após 1-2 dias, assim como os pontos da cirurgia são retirados após 3-4 semanas.

Perguntas
Frequentes

Não. Com a evolução tecnológica e melhor capacitação do especialista de joelho, a durabilidade das próteses tem sido a mesma.
Não se deve tomar por base a experiência de outras pessoas para julgar o benefício de uma cirurgia. Cada caso tem sua particularidade e nenhuma cirurgia é isenta de complicações. Os estudos científicos avaliam a experiência de milhares de pessoas e isso sim tem um peso significativo. Com base nesse peso, podemos afirmar que a cirurgia tem sucesso em mais de 95% dos casos dentro dos primeiros 10-15 anos após o procedimento.
Jamais utilize medicamentos, ervas e qualquer outro produto sem o consentimento do cirurgião que te operou, pois isso pode custar caro para sua saúde.
A prótese também desgasta e a manutenção dela requer uma nova cirurgia. Por isso, não são todas as atividades físicas que estão liberadas, sob risco de perder a cirurgia. Verifique com o especialista de joelho quais atividades você pode fazer e quais são arriscadas.
Sim, além de colocarmos a prótese no joelho, corrigimos as deformidades do joelho.

Entre em
Contato

Ainda tem alguma dúvida sobre como o Dr. Carlos Vinicius pode tratar a sua lesão? Preencha o formulário abaixo e nos envie uma mensagem!

Enviar

Receba Gratuitamente Nossa

Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter e receba gratuitamente nossas novidades, dicas e informações.

Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 3 pessoa a deixar uma mensagem.

Powered by: