R. Dona Adma Jafet , 115, Bela Vista | Hospital Sírio-Libanês - São Paulo (11) 4750-1195 contato@ortopedistajoelho.com.br


Infiltração Articular

Há dois caminhos para o tratamento das patologias ortopédicas, o cirúrgico e o não cirúrgico (também chamado de tratamento clínico ou conservador). A maioria das doenças podem, inclusive, ser tratadas das duas formas. Podemos, por exemplo, iniciar com o tratamento não cirúrgico; e depois, caso não haja resultados satisfatórios, converter para cirurgia; ou podemos iniciar direto pela cirurgia e associar a alguns elementos do tratamento não cirúrgico. A decisão por determinado tipo de tratamento depende de critérios estabelecidos pela literatura médica frente à situação e necessidades do paciente. Tudo isso será avaliado pelo especialista durante consulta médica. Nesse artigo, comentarei sobre as principais opções para tratamentos ortopédicos não cirúrgicos.

Tratamento com infiltração articular

Os medicamentos administrados por boca atuam indiscriminadamente pelo corpo todo pois não possuem a capacidade de se dirigirem exclusivamente ao alvo desejado. Quando realizamos uma infiltração, isso se torna uma realidade, pois conseguimos introduzir o medicamento direto no local doente com menor possibilidade de efeitos colaterais sobre o restante do corpo.

Para realizar a infiltração, utilizamos medicamentos anti-inflamatórios, corticoides, anti-homotóxicos, neurolíticos, etc. O medicamento é injetado dentro de uma articulação, bainha de tendão, bursa, cisto ou nervo. Algumas infiltrações são tão especializadas que recebem nomes específicos como a viscossuplementação e a alcoolização.

A infiltração é mais uma ferramenta muito útil no tratamento de doenças crônicas, e faz parte do arsenal do especialista em joelho. A critério do especialista e conforme a situação, pode ser realizada guiada por referências anatômicas, radiológicas ou ultrassonográficas.

Perguntas
Frequentes

Não. Mesmo se optado por não operar o joelho, é necessário reabilitar (fazer fisioterapia) antes de qualquer coisa.
Com a lesão de algum ligamento importante do joelho (ex.: o ligamento cruzado anterior, ligamento colateral lateral, etc.), o joelho se movimenta anormalmente. Por conta disso, o joelho desgasta mais rápido, processo esse conhecido como artrose.
O joelho lesado não será exatamente como antes, mas com a cirurgia é possível retomar as atividades do dia-a-dia e recuperar a qualidade de vida. Não tratar (com ou sem cirurgia, conforme a indicação) significa condenar de vez a saúde do seu joelho.
Nem sempre. Nos casos em que o tempo de cirurgia se prolonga muito, é comum realizarmos o tratamento em duas etapas para minimizar os riscos de infecção, trombose, etc. Verifique o seu caso com o especialista em cirurgia do joelho.
Não há urgência para reconstruir os ligamentos do joelho, a não ser em casos com fratura. Ao contrário, na maioria dos casos é recomendado aguardar alguns dias antes de operar para melhorar os resultados e minimizar os riscos de complicações.

Entre em
Contato

Ainda tem alguma dúvida sobre como o Dr. Carlos Vinicius pode tratar a sua lesão? Preencha o formulário abaixo e nos envie uma mensagem!

Enviar

Receba Gratuitamente Nossa

Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter e receba gratuitamente nossas novidades, dicas e informações.

Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?

Você já é a 5 pessoa a solicitar uma ligação.

Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.

Você já é a 3 pessoa a deixar uma mensagem.

Powered by: